fbpx

Palavra de Vida e Fé – 

É tempo de restauração. Eu desafio você a dar um  passo de fé e a viver restauração em áreas que já estavam  abandonadas, por acreditar que eram irreversíveis – 52 dias – Edição julho 2019.


Palavras de Neemias, filho de Hacalias: no mês de quisleu, no vigésimo ano, enquanto eu estava na cidade de Susã, Hanani, um dos meus irmãos, veio de Judá com alguns outros homens e eu lhes perguntei acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do cativeiro, e também sobre Jerusalém. 

E eles me responderam: “Aqueles que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província passam por grande sofrimento e humilhação.

 O muro de Jerusalém foi derrubado, e suas portas foram destruídas pelo fogo”. 

Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus (Neemias 1.1 ao 4). 

 

Link.: 52 dias – Edição julho 2019 –

52 dias – Edição julho 2019 – Vida Hoje – 52 dias – Edição julho 2019.

Diariamente para todo o Brasil – Conheça o Ministério Mudança de Vida, acesse

Bispa Cléo Ribeiro Rossafa

Link.: Nossa loja MMV

  • ademais
  • afinal
  • aliás
  • analogamente
  • anteriormente
  • assim
  • certamente
  • conforme
  • a fim de
  • a fim de que
  • a menos que
  • a princípio
  • a saber
  • acima de tudo
  • ainda assim
  • não apenas … , como também …
  • não só … , bem como …
  • não só … , como também …
  • não só … , mas também …

Líder Espiritual do Ministério Mudança de Vida

Horários das reuniões:

Primícias para os comprometidos com Deus: domingo às 09h, 15h e 18h em todos os templos
Vigília do Melhor da Terra: Segunda às 7h, 9h, 15h e 19h30 em todos os templos
Troca de Coração: Terça às 7h, 9h, 15h e 19h30 em todos os templos
Renovação do Entendimento: Quarta às 7h, 9h, 15h e 19h30 em todos os templos
Quinta de Guerra: Às 7h, 9h, 15h e 19h30 em todos os templos
Deus que Sara: Sexta às 7h, 9h, 15h e 19h30 em todos os templos
Disk-Vida:(11) 3296-9449 - Ligue e receba vida!

Palavra de

Vida e Fé:

52 dias - Edição julho 2019

52 dias - Edição julho 2019

Palavras de Neemias, filho de Hacalias: no mês de quisleu, no vigésimo ano, enquanto eu estava na cidade de Susã, Hanani, um dos meus irmãos, veio de Judá com alguns outros homens e eu lhes perguntei acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do cativeiro, e também sobre Jerusalém. 

E eles me responderam: “Aqueles que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província passam por grande sofrimento e humilhação.

 O muro de Jerusalém foi derrubado, e suas portas foram destruídas pelo fogo”. 

Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus (Neemias 1.1 ao 4). 

Os muros de Jerusalém ficaram em ruínas durante cento e vinte anos! Uma cidade sem muros significa uma cidade sem segurança alguma. 

Neemias nasceu no cativeiro babilônico. Nunca tinha estado em Jerusalém, muito embora ela fosse a cidade de seus pais. Havia tanto sofrimento, uma bagunça que parecia ser irreversível! Parte do povo já tinha voltado para dar início à reconstrução daquele lugar e do templo. Os samaritanos, porém, se opuseram à reconstrução e enviaram uma carta para o rei com muitas mentiras! Exatamente ao rei Artaxerxes, a quem Neemias servia e que dera a ordem para que parassem a reconstrução do templo. 

Com a ordem de Artaxerxes para que parassem a reconstrução, o povo a deixou e foi para a construção das suas próprias casas envolvendo-se com os próprios projetos. Neemias, aproximadamente a um mil e quinhentos quilômetros de Jerusalém, ficou impactado com a notícia de que o sofrimento e a humilhação eram muito grandes.

Neemias era copeiro do rei Artaxerxes, um cargo seguro, de muita responsabilidade, afinal, ele era um homem de confiança que provava do vinho e da comida que eram servidos ao rei.

A vida de Neemias estava definida, decidida e segura, comia do bom e do melhor, portanto, impacta-me o senso de propósito dele, pois se não fosse por isso jamais saberíamos sobre Neemias. Ele somente foi conhecido porque foi capaz de abrir mão de tudo o que tinha, deixou para trás uma vida estruturada e foi para um lugar feio, destruído, com gente quebrada emocional e espiritualmente; um lugar sem segurança. 

Neemias ficou quatro meses orando e jejuando para conseguir o favor de Deus no tocante ao rei que tinha dado a ordem para que parassem a obra. Na lei dos medos e dos persas, uma lei era maior do que o rei e não podia ser quebrada e Neemias precisava do favorecimento, justamente, do homem que tinha dado a ordem para que a obra de reconstrução fosse parada.

Neste ponto já percebemos o tamanho da ousadia e da fé de Neemias! Ele não conseguiu mais conviver com o conhecimento da situação em que estava o povo da cidade de Jerusalém, o que mexe demais comigo também, porque são muitos os que tiveram a oportunidade de fazer alguma coisa, mas não fizeram. 

Muitas vezes, as oportunidades de marcarmos uma geração e todas as demais que vierem, chega à nossa vida como chegou para Neemias: uma loucura, um sacrifício muito grande, mas Deus colocou no coração dele que ele podia reconstruir os muros de Jerusalém. 

É fascinante o que Neemias deixou muito claro ao praticar a fé: que aquela situação não estava lá abandonada porque não tinha jeito, mas porque faltava perseverança, gente determinada, gente comprometida e, tudo isso, Neemias era; um exemplo de liderança, de administração, de condução. Como disse, esse homem orou durante quatro meses, encontrou o favor e Deus fez com que o rei Artaxerxes o favorecesse permitindo a reconstrução de Jerusalém. 

A primeira atitude de Neemias ao chegar foi inspecionar. Chamou as pessoas que estavam com ele, judeus, nobres, sacerdotes, oficiais e disse: Vejam a situação terrível em que estamos: Jerusalém está em ruínas, e suas portas foram destruídas pelo fogo. Venham, vamos reconstruir os muros de Jerusalém, para que não fiquemos nesta situação humilhante (Neemias 2.17).  Ele mostrou para todo mundo o que estava às claras: destruição e humilhação que não podiam mais ser aceitas! Imediatamente, Neemias começou a sofrer oposição por instrumentos do diabo. A Bíblia fala de Sambalate, Tobias, Gesén e aliados, mas nada o intimidou. Zombarias, críticas, ameaças de morte, todo tipo de terrorismo, o próprio desânimo do povo, absolutamente nada desfocou Neemias que em meio a muitas batalhas  foi construindo. Houve momentos em que trabalharam apenas com uma mão, mas não pararam.

Quando viu o povo abatido achando que não conseguiria, Neemias disse: Não tenham medo deles. Lembrem- -se de que o Senhor é grande e temível, e lutem por seus irmãos, por seus filhos e por suas filhas, por suas mulheres e por suas casas (Neemias 4.14). Numa situação de chantagem, a resposta para todas as ameaças foi: Estou executando um grande projeto e não posso descer. Por que parar a obra para ir encontrar-me com vocês? (Neemias 6.3). Ele recebeu a mesma mensagem quatro vezes e deu a mesma resposta. 

Muito embora houvesse muita corrupção e intimidação por todos os lados, Neemias não se distraiu com nada e foi botando a casa em ordem. Estando ali, ele descobriu que o problema era muito maior e a verdade era que Israel estava vivendo tudo aquilo porque tinha deixado o Senhor. Precisava acontecer uma renovação espiritual, emocional e a restauração dos muros da cidade. 

Neemias foi superando tudo com ações práticas e muita oração. Ele não dava um passo sequer sem oração, e a Bíblia diz que em 52 dias ele fez o que ficou parado durante cento e vinte anos! (120 anos!). 

O muro ficou pronto no vigésimo quinto dia de elul, em cinquenta e dois dias, quando todos os nossos inimigos souberam disso, todas as nações vizinhas ficaram atemorizadas e com o orgulho ferido, pois perceberam que essa obra havia sido executada com a ajuda de nosso Deus (Neemias 6.15 e 16). Neemias disse no capítulo 13, na parte D doversículo 2, que …o nosso Deus, porém, transformou a maldição em bênção. 

Foi também Neemias quem disse ao povo que, A alegria do Senhor é a nossa força. Deus transforma maldição em bênção e Ele Se alegra em ver um povo forte lutando n’Ele. 

Os “52 dias” é um portal aberto onde a unção derramada é de restauração. O Senhor é um Deus de restauração, que opera o impossível. O que faltava para aquela restauração acontecer era um homem de fé com um espírito resiliente. 

Esta mensagem é para você, não é impossível para Deus. Uma coisa pode ficar muito tempo sem mudança pelo simples fato de não haver fé e uma ação prática. Quando isso acontece, todas as coisas são modificadas. 

É tempo de restauração. Eu desafio você a dar um passo de fé e a viver restauração em áreas que já estavam abandonadas, por acreditar que eram irreversíveis. 

Aquele povo viveu por muitos anos em meio a escombros, ruínas, pedras queimadas, inimigos entrando e saindo, mas Neemias, um homem de fé, tomou posição, colocou-se no propósito, não fez concessão, não recuou, enfrentou desafios, sacrificou e está na história para edificar nossa fé!

Neemias, homem relevante e corajoso, realizou uma obra que mudou vidas, favoreceu gerações e deixou um legado que nos impacta até hoje. Neemias não olhou para a direita nem para esquerda e é esta a mensagem para você: “Pegue este espírito, pois com certeza, sem sombra de dúvida, você viverá restauração onde for necessário e terminará este ano como o melhor ano da sua vida, até então. Conte com as minhas orações, sempre. 

Bispa Cléo Ribeiro Rossafa

Líder Espiritual do Ministério Mudança de Vida

Mensagem diária

O poder da ressurreição está sobre nós. Não há o que temer! O mesmo poder que levantou Jesus dos mortos vivem em nós! Creia nisso e viva essa fé !!!

Artigos:

Leia-os por inteiro!

Mudança de Vida - 52 dias - edição julho 2019

Mudança de Vida

Mudança de Vida é um livro escrito durante um período de reclusão total absoluta que Cléo Ribeiro Rossafa fez em jejum e oração, 41 dias e 40 noites ininterruptos. Foi totalmente direcionada pelo Espírito Santo, Companheiro Superior, Absoluto, pois nessa reclusão Ele foi sua Única Companhia. Vá em frente nesta leitura! Acredite que o Deus da Bíblia transforma vidas hoje!
Desperte O Gigante Chamado Fé - 52 dias -edição julho 2019

Desperte O Gigante Chamado Fé

Nada poderá detê-lo! Nada poderá impedi-lo de conquistar o que quiser. A autora, diante de uma trágica situação vivida ainda muito jovem, situação de dor, pela qual verteu lagrimas incontidas nos pés do senhor Jesus, explodiu-se em fé viva, fé ardente, fé que remove montanhas e conseguiu do excelso Criador a grande bênção da vitória.

Fácil localização, dispõe de amplo estacionamento com lanchonete e livraria.

Compartilhe nas redes sociais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Fechar Menu